IPTU São Paulo 2019: A Prefeitura Municipal de São Paulo, no Estado da Bahia, já começou a divulgar nos últimos dias todas as informações sobre o IPTU 2019.

As regras foram divulgadas pela Secretaria Municipal de Fazenda, responsável pela cobrança do tributo na cidade.

Para o ano de 2019 não serão adotadas muitas alterações no IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) em relação ao último exercício.

Prefeitura do Estado de São Paulo

Prefeitura do Estado de São Paulo

A única mudança anunciada até agora é em relação ao desconto que pode ser obtido pelos contribuintes no pagamento do imposto.

No ano passado era possível obter até 40% de desconto. No IPTU São Paulo 2019 será possível aumentar este percentual para até 60%, de acordo com a Prefeitura.

O desconto de 60% só será concedido se o contribuinte cumprir o que determina a legislação tributária local. De acordo com a Secretaria de Fazenda, seguramente este é um dos descontos mais atraentes entre todos os municípios brasileiros.

As informações exatas sobre como obter este abatimento ainda não foram divulgadas, porém já se sabe que serão até 20% de desconto pelo pagamento à vista somados aos 20% sobre a adimplência dos contribuintes em anos anteriores e mais 20% sobre o Programa IPTU Verde.

Reajuste: Para 2019 a Prefeitura apenas corrigirá o valor do imposto de acordo com o acúmulo da inflação no país nos últimos doze meses.

O índice utilizado é o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo, que aponta um acúmulo de aproximadamente 6,56% na inflação.

2 Via IPTU São Paulo 2019:

Os carnês para pagamento deverão ser encaminhados às residências dos contribuintes a partir do início do de março. A entrega, que será efetuada pelos Correios, deve ser concluída ainda no mês de março, já que os primeiros vencimentos serão em 15 de abril.

O contribuinte que precisar emitir a 2 Via do IPTU São Paulo 2019 deverá acessar o site oficial da Prefeitura, no endereço eletrônico.

A emissão da 2 Via e a solicitação de outros serviços, como certidões negativas, contestações e pedidos de revisão deverá ser realizada na sede da Secretaria Municipal de Fazenda.