Balaio Café

Um pouco de tudo com café

Page 3 of 3

Dicas para você que quer sacar o PIS

Por causa da atual crise econômica que o Brasil enfrenta atualmente, existe uma necessidade cada vez maior de se conseguir qualquer dinheiro extra, para pagar as contas e manter as multas e juros longe de qualquer orçamento financeiro familiar.

Por conta disso, existe um número maior de pessoas querendo conseguir sacar o seu Programa de Integração Social (PIS 2019), que é um dinheiro dado pelo Governo Federal para os trabalhadores que estejam a pelo menos dois anos em uma empresa, que paguem seus impostos corretamente e tenham uma renda de no máximo dois mil reais mensais.

Tabela do PIS

Tabela do PIS

Para sacar esse benefício e manter esse orçamento sempre em ordem é importante cumprir uma série de requisitos, apresentar a documentação certa e também ficar atento nas datas do calendário do PIS, para não perder a sua oportunidade de ter esse dinheiro em mãos.

Separar todos os documentos necessários para sacar esse benefício
Uma primeira dica importante que todo mundo deve cumprir para conseguir sacar o Pis e assim ter um dinheiro extra em seu orçamento é conseguir separar todos os documentos que são requisitados para executar essa ação.

Assim, quando você chegar a uma agência da Caixa Econômica Federal, não correrá o risco de não ter o seu PIS liberado pelo calendário pis 2019. Por isso, sempre leve com você um documento original com foto, seja seu RG, sua carteira de motorista ou outro de sua preferência.

Além disso, é importante também apresentar a sua carteira de trabalho e o seu cartão cidadão, com esses três documentos em mãos, você estará liberado para sacar o Pis.

Ficar atento nas datas do saque
Outro importante ponto sobre o PIS que você deve ficar atento é quanto a sua data de recolhimento, já que ela varia conforme o número final do cartão cidadão de cada pessoa. Por isso, fique sempre de olho no calendário elaborado pelo Governo Federal, em conjunto com a Secretária da Fazenda, para saber quando você deve recolher esse benefício.

É importante sempre manter essa data em mente, pois caso você perca esse prazo, poderá perder direito a sua parcela do Pis, fazendo com que esse dinheiro volte para a União e você não consiga mais resgatá-lo.

Cobre da sua empresa a informação dos dados necessários
Uma última dica importante para você garantir esse dinheiro extra dado pelo Governo Federal é cobrar da sua empresa o correto preenchimento de uma ficha exigida pelo Governo para liberar esse pagamento.

Esse cadastro conhecido como Número de Identificação Social (NIS) é obrigatório de ser preenchido pela companhia que você trabalha em até 30 dias antes da liberação do calendário do PIS 2019. Caso isso não seja feito, você perde o direito a esse benefício, fazendo com que ele seja recolhido.

Por isso é essencial ficar no pé do seu chefe e do departamento de RH para que todo esse preenchimento seja feito na data correta e você não corra o risco de ficar sem o PIS, por um erro que não foi seu.

Você sabe quem tem direito ao Bolsa Família?

Seja você também um cidadão beneficiado com o bolsa família. O Bolsa Família é um programa de assistência social, criado no Governo Lula e ampliado pela Presidenta Dilma, que ajuda milhares de famílias a se sustentarem. Ele é importante para diminuir a desigualdade de classes ainda existente no Brasil.

Só para se ter uma ideia de números, o programa do Bolsa Família será pago a mais de 14 milhões de famílias no ano de 2018 e o valor pago a cada beneficiário é de 80 reais por cada filho que a família tiver, lembrando que o limite é por cinco filhos por família.

Consulta benefício pelo celular

Consulta benefício pelo celular

Por isso, esse texto vai dar todas as informações sobre o programa Bolsa Família, para que quem precise acompanhar, saiba sempre quando o benefício vai cair e assim, fique bem informado sobre as obrigações a serem cumpridas, para conseguir receber o Bolsa Família.

Quem tem direito

Tem direito a esse benefício social as famílias que tenham uma Renda até R$ 77 por pessoa. De 77 reais até 154, as famílias têm direito, mas, tem que ter em sua composição gestantes, ou crianças e adolescentes com idade entre zero e 16 anos incompletos.

Além disso, é necessário ter Cadastro no Cadastro Único dos Programas Sociais do ​Governo Federal, ter a caderneta de vacina em dia e garantir a presença dos filhos na escola.

Veja quais as necessidades para ter o bolsa família

Esse é um aspecto interessante e o Governo vem fazendo cada vez mais forca para cumpri-lo, as crianças tem que estudar para a família ter direito ao bolsa familia 2018 e as próprias escolas fazem esse controle e repassam para a assistência social.

Caso uma família não tenha as crianças indo para a escola corretamente, o benefício é cortado por um mês, até a criança voltar a frequentar as aulas. Isso evita o trabalho infantil e dá uma esperança de futuro melhor para as futuras gerações brasileiras e acaba sendo uns dos aspectos mais importantes dessa ação governamental.

Caixa

Quem organiza e financia os pagamentos do Programa Bolsa Família é a Caixa Econômica Federal, com uma renda já reservada especifica para esse benefício.

A caixa é uma patrocinadora do bolsa família. É sempre importante lembrar que a divisão da entrega do dinheiro pelo calendário Bolsa Família em 2018, feita pela Caixa Econômica Federal é para organizar melhor o pagamento, pois, nenhuma agência aguentaria receber todos os beneficiários de uma vez só, iria ser um caos.

Por isso, de acordo com o seu número Pis, impresso atrás do seu cartão, você vai ter o dia certo para resgatar o dinheiro e poder usá-lo em suas obrigações cotidianas.

Page 3 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén